Sustentabilidade no país avança com aprovação do Prosolar na Câmara dos Deputados

ENERGIA-SOLAR-SITEA Câmara dos Deputados deu passo importante visando desenvolvimento da sustentabilidade no país. A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou nesta quarta-feira (25), por unanimidade, projeto de lei de autoria do Deputado Felipe Bornier (PSD/RJ), que institui o Programa de Incentivo ao aproveitamento da Energia Solar – Prosolar.

De acordo com o deputado, objetivo central da matéria é fomentar a utilização de energia solar também conhecida como fotovoltaica. “O investimento, infelizmente, ainda é alto nos painéis solares que podem ser instalados no teto das casas, prédios ou mesmo no solo, mas a vantagem é que eles têm vida útil de 25 anos. A expectativa é que o preço fique mais acessível com crescimento do mercado”, pontuou.

Felipe Bornier lembra que quem opta pela microgeração de energia solar vê o valor da conta de luz despencar rapidamente mesmo no período de inverno, com menor incidência solar. “Quem produzir energia limpa compartilhada com a rede públicas receberá desconto na conta de luz e ainda terá crédito com a concessionária. Se todos os telhados gerassem energia, seria possível gerar o dobro da energia consumida nas residências, além de gerar milhões de empregos”.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que até 2024 os telhados do Brasil produzirão mais energia que as usinas de Angra I e II juntas.

O Projeto de Lei 2952/11 segue para análise da Comissão de Finanças e Tributação.

 

Emmanuelle Lamounier

Fique por dentro das novidades , cadastre-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *