Segundo secretário quer ampliar proximidade do jovem com o Parlamento

Felipe Bornier: a gente precisa trazer a população para dentro do Parlamento.

Felipe Bornier: a gente precisa trazer a população para dentro do Parlamento.

O segundo secretário da Mesa Diretora da Câmara eleito para o biênio 2015-2016, deputado Felipe Bornier (PSD-RJ), assumiu o cargo com o intuito de ampliar a proximidade do jovem com o Parlamento.

“Eu quero dizer que a 2º secretaria tem o papel – talvez, o mais importante – de trazer a juventude para participar do mandato dos deputados federais, por meio do estágio aqui da Casa, e que nós temos o objetivo de aumentá-lo, incentivá-lo”.

O parlamentar refere-se ao programa estágio-visita, que é oferecido todos os anos desde 2003. O programa possibilita a universitários de todo o País o acesso a conhecimentos relacionados ao funcionamento da Câmara e a forma de atuação de seus representantes, incentivando a participação democrática e o exercício da cidadania.

Com a herança política do pai, Nelson Bornier (PMDB), ex-deputado federal e atual prefeito de Nova Iguaçu (RJ), Felipe Bornier chegou à Câmara pela primeira vez em 2007 como um dos eleitos mais jovens do País – com 27 anos. Nas últimas eleições, em outubro de 2014, recebeu 105.517 mil votos.

Em relação às funções administrativas que deverá desempenhar à frente do cargo, Felipe Bornier disse que fará muito mais que assinar papéis. “[O trabalho será] direcionado não somente para a questão administrativa, mas, certamente, para debater projetos de lei de interesse da sociedade. Esse é o momento que a gente precisa: trazer a população para dentro do Parlamento e resgatar, acima de tudo, o nosso papel e o orgulho em dizer que nós somos deputados federais”.

Entre as principais atribuições da segunda secretaria estão: providenciar e fornecer informações sobre passaporte diplomático; e pedir nota de visto ao Ministério das Relações Exteriores.

Perfil

No seu terceiro mandato na Câmara, não é a primeira vez que o congressista ocupa um lugar de destaque na Casa. Felipe Bornier já assumiu o cargo de 1º vice-presidente das comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; e de Defesa do Consumidor; e também 2º vice-presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle.

Há pelo menos 200 proposições de autoria de Felipe Bornier na Câmara. Entre as mais importantes, segundo o próprio parlamentar, está o Projeto de Lei (2952/11) que institui o Programa de Incentivo ao Aproveitamento da Energia Solar (Prosolar).

Já como relator na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, Bornier destacou o Projeto de Resolução (20/11) que cria uma comissão permanente de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

Reprodução: Agência Câmara

Fique por dentro das novidades , cadastre-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *